Maníaco da sorte

bad-luck-wallpaper

Todos esperavam que ele corresse para a casa da única vitima de seus crimes que havia permanecido viva. Patrulhas rodavam as ruas, atiradores em cima dos prédios próximos, policiais na porta e policiais de campana nos arredores. Em sua fuga, na verdade, ele próprio tinha deixado uma carta que dizia exatamente isso, que mataria a vadia que o colocou na cadeia. Continuar lendo

Dia e noite

claridade

No escuro, procurou a claridade. Com a claridade veio o calor. Suando procurou a água. O corpo esfriou. Tudo ficou lindo. A noite veio e esfriou o corpo molhado, um frio que doía nos ossos. Cobriu-se e esquentou-se. Pode ver a beleza única e inigualável das estrelas que brilhavam na escuridão. Veio a claridade e foi-se a noite. Agora não preferia noite ou dia, verão ou inverno. Curtia o momento, e sentia-se bem.

O perfumista

Perfumista

Encontrou o maior perfumista de todos os tempos para que ele produzisse um aroma, ainda que uma gota, que tivesse o gosto do beijo de sua falecida esposa. O perfumista negou-se a tentar tal barbárie. Não por sentir-se incapaz de tal reprodução, e sim por não permitir que uma obra sua corrompesse um amor tão bonito.