Ausência

Dsc04430

Filho único, de pais ausentes, Pedrinho nutria uma sincera amizade com uma amoreira no fundo de seu quintal. Ventos acontecem, Pedro caiu. Tão logo souberam, os pais cortaram a árvore. Para eles, a culpa era dela. Para a árvore, a culpa era do menino. Para ele, foi triste ficar sozinho. Em poucos dias arranjara um novo amigo. “E essa amizade nunca acabará”, pensou, enquanto beijava seu novo amigo: o gesso.

Mentiroso

-1x-1 “As pequenas mentiras fazem o grande mentiroso”
William Shakespeare

Mentir era errado, sua mãe o ensinara. Pequeno, tentou seguir o conselho materno. Com o tempo, viu que uma mentirinha facilitava as coisas. Em pouco tempo mentia o tempo todo. Era gostoso e facilitava muito sua vida. Continuar lendo

Paixão

antonio-santin-magma-250x180-2015

Ninguém acreditaria. Apaixonara-se pelo invasor de sua casa. A princípio, um medo irracional. Agora, sabia ter encontrado no sujeito seu melhor ouvinte, ficaria para sempre com ele. Porém, algo cheirava mal, ela sabia. Faltava descobrir se eram os beijos frios no amado ou a poça de sangue abaixo dele, resultado das repetidas facadas que ela desferira durante o primeiro encontro, na invasão.

Presunção

Ice-hole

Enquanto as pontadas da água fria lascavam seu espírito, tentava sair do buraco, subir no gelo. Talvez alguém encontrasse seu corpo e não seria apenas mais uma morte presumida. Talvez fosse diferente das moças que estuprou e jogou ali, incluindo aquela que o levou junto.

Inevitável

couple-umbrellas-apart-craig-allen-nocomm-flickr1

Nunca duas pessoas se conheceram tão bem quanto aqueles dois. Conheciam cada variável da relação, que terminou em seu segundo dia. Evitaram a dor insuportável da perda que ocorreria, que eles sabiam que ocorreria. No fim, preferiam nunca ter se conhecido, não daquele jeito.