Mil relógios

tcktcktckBCN6175-vi

Comprou um relógio, dois, e logo tinha perto de mil. Ele descobriu que controlar o tempo não era como mudar os ponteiros do relógio. Não era uma opção. Cansado de olhar para sua parede de ponteiros, fechou os olhos. Logo, com uma presença inesperada chegou aos seus lábios um beijo. As bocas se moviam em um movimento único, buscando cada uma o máximo da outra. Ele só queria que o tempo parasse ali, que parou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s