Mensagem na garrafa

mensagem_na_garrafa

Era a trigésima garrafa que chegava na pequena ilha na qual havia naufragado. Abriu. Leu a mensagem. Mais uma mensagem de um apaixonado dividido pelo mar. Jorge olhava para os lados e pensava consigo: por que usar um método tão antiquado? Quando a resposta surgiu, começou a rir. Pegou uma das garrafas, tirou o papel e o virou. Na parte branca, com um canivete e algumas gotas de seu sangue, escreveu um pedido de socorro em poucas letras. Fechou a rolha e lançou a garrafa ao mar. Olhou para a pilha de garrafas que haviam chegado antes. Antiquado, mas o único meio onde encontrava esperanças.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s