Daquelas

caneta_e_papel

Enquanto separava a caneta e o papel foi repassando a história na cabeça. As personagens, o enredo, o local e o encerramento. Tudo perfeito. Daquelas histórias que só se vê uma vez na vida. E ele havia acabado de ver. Acabou escrevendo sobre duendes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s