XXII – Breu

Cego, ele tateava à procura de uma perna ou um braço. Quando ergueu uma cabeça pelos cabelos disse:
-Gato
Ninguém miou. O ódio sumiu. A visão voltou.

Anúncios

Um comentário em “XXII – Breu

  1. Angela disse:

    Gostei embora, acho que não entendi coisa alguma! Ou será que sim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s