VI – Trem de carga

Ela sempre quis viajar de trem, não esperava que fosse com um monte de carvão.

Quase surda por causa do metal velho se chocando. Suja por causa da carga.

Mas uma lágrima e um sorriso surgiram ao ouvir o apito que embalava seus sonhos de infância.

Era assim que começava sua história, sua viagem.

Anúncios

2 comentários em “VI – Trem de carga

  1. Nata Sierakowski disse:

    Que lindo!

  2. Angela disse:

    Este apito soa nas minhas entranhas. Família de construtor de estardas de ferro… lindo este conto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s